domingo, 21 de maio de 2017

O segredo para reduzirmos a ansiedade antes de fazermos algo importante



Uma sensação de mal estar físico e psíquico diante de algo cujo futuro é incerto. Essa é uma das definições de ansiedade, sentimento que aflige a maioria das pessoas diante de atividades diversas, como fazer um discurso, submeter-se a um exame médico ou uma prova, fazer uma palestra ou participar de uma entrevista com um possível empregador.
O problema é que o nervosismo pode ser contraproducente, afetando o desempenho da pessoa e impedindo que ela alcance seus objetivos.
Após fazerem um estudo, pesquisadores da Harvard Business School, em Boston, nos Estados Unidos, têm um conselho para ajudar pessoas ansiosas a terem bom desempenho em situações estressantes. Com base em uma série de experimentos, a equipe concluiu que cumprir algum tipo de ritual antes da atividade em questão pode ser a chave do sucesso.
Em artigo na revista online Harvard Business Review, uma das autoras do estudo, Alison Wood Brooks, descreve um ritual desse tipo, realizado por um famoso jogador de beisebol do time Boston Red Sox - David "Big Papi" Ortiz - que se aposentou em 2016.
Cada vez que se aproximava da caixa do batedor, o jogador apoiava o bastão contra as pernas, cuspia na mão direita e batia palma.
Esses rituais, disse a pesquisadora, não são praticados apenas por ricos e famosos. Segundo ela, mais de 45% das pessoas entrevistadas pela equipe disse realizar algum tipo de ritual antes de enfrentar uma tarefa difícil.

Poder do Ritual

As conclusões do estudo parecem indicar que um ritual prévio pode nos dar uma sensação de controle sobre a situação e, como consequência, melhorar nosso desempenho.
Como parte do estudo, a equipe de psicólogos criou um experimento no qual participantes eram convidados a cantar, em público, ao microfone, uma canção difícil. Um algoritmo media objetivamente o desempenho dos cantores.
A equipe queria que os participantes ficassem nervosos para poder, depois, testar estratégias de combate à ansiedade. Uma delas foi, simplesmente, dizer a alguns dos voluntários, antes de subirem ao palco, que se acalmassem.

"Muita gente diz a si mesma, literalmente, 'se acalme, não há motivo para tanto nervosismo, você é capaz de fazer isso", disse à BBC o professor Michael Norton, líder do estudo, publicado na revista científica Organizational Behaviour and Human Decission Processes.
Outro grupo foi orientado a fazer um ritual simples. Os participantes deveriam tentar expressar, por meio de um desenho, o que estavam sentindo. Depois, deveriam rasgar o papel e jogar os pedaços no lixo. "Descobrimos que dizer a você próprio que se acalme não funciona", disse Norton.
"É como quando você diz a alguém que está zangado, gritando, que pare de gritar. Não funciona. Mas fazer pequenos rituais como o que foi descrito, isso sim ajuda bastante a pessoa a lidar melhor com sua ansiedade e, depois, a ter um melhor rendimento", disse o psicólogo.
Um dos fatores que geram ansiedade antes de situações estressantes é justamente a falta de controle que o indivíduo sente sobre o que vai ocorrer. Um exemplo claro disso é a expectativa diante de uma prova onde outras pessoas vão avaliá-lo.
"Os rituais são como uma forma de comportamento controlado, nos levam a sentir mais controle e isso está relacionado ao nível de ansiedade que sentimos", explicou.
Além disso, os investigadores dizem acreditar que o simbolismo por trás de um ritual pode ajudar muito, mesmo que não seja imprescindível. Para Norton, o mero fato de chamarmos a sequência de ações de "ritual" pode ter um efeito positivo.

Hábito ou Ritual?

A jornalista da BBC Claudia Hammond, apresentadora do programa Health Check, da BBC, sempre faz um chá antes de entrar no estúdio para a transmissão do programa, que acontece ao vivo. Ela se pergunta se o preparo do chá seria um ritual ou um hábito.
Segundo Norton, um hábito é uma ação em si, que você realiza porque quer. No exemplo citado, porque a jornalista tem vontade de tomar um chá. No entanto, o simbolismo por trás de um chá pode ajudar muito, dizem os psicólogos. "Um ritual tem mais a ver com a forma como você faz o chá. Por exemplo, se segue sempre os mesmos passos", explicou Norton.
Outra forma de avaliarmos se uma ação é, ou não, um ritual, seria perguntarmos a nós mesmos o que aconteceria se não realizássemos o ritual. "Se não puder tomar o chá, quanto isso vai te incomodar?", perguntou.
"Quando não fazê-lo (tomar o chá) te perturba e te afeta, então (o ato) se aproxima mais do ritual e se distancia do hábito."
Norton ressaltou, no entanto, que rituais, quando levados ao extremo, também podem ser se tornar um problema. É o caso, por exemplo, das pessoas que têm transtornos obssessivos compulsivos. "Nesses casos, o ritual acaba interferindo na vida cotidiana", disse.
Para ansiosos moderados, ao concluir seu artigo na Harvard Business Review, a colega de Norton, Alison Wood Brooks, dá o seguinte conselho: "Nossas conclusões indicam que fazer um ritual antes de vivenciarmos uma situação estressante pode reduzir sentimentos de ansiedade e melhorar o desempenho. Aconselhamos os leitores a adotarem rituais prévios antes de situações estressantes em suas vidas."
"Recomendamos que cada indivíduo prepare um ritual pequeno mas carregado de simbolismo, algo calculado e rápido, que possa ser feito com facilidade antes da situação estressante."
A equipe disse ter baseado suas conclusões em relatos dos participantes e em um algoritmo que mediu seu desempenho durante os testes.

Fonte: G1

terça-feira, 25 de abril de 2017

Novo planeta pode ser a maior esperança de vida fora da Terra


Muitos planetas são encontrados fora do Sistema Solar, mas nem todos são como o LHS 1140b, a mais recente descoberta do grupo de pesquisadores liderado por Jason Dittmann, do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian. O exoplaneta é um pouco maior que a Terra e está situado a cerca de 40 anos-luz daqui.
O que mais empolgou os cientistas foi o fato de que o LHS 1140b orbita uma zona habitável em relação a sua estrela, a LHS 1140, uma anã vermelha situada na constelação Cetus.
O planeta está 10 vezes mais próximo da LHS 1140 que a Terra está do Sol, mas como a anã vermelha é bem mais fria e escura, o LHS 1140b não esquenta muito — na verdade, ele só recebe metade da luz que recebemos do Sol.
“As condições da anã vermelha são particularmente favoráveis”, afirma o astrônomo Nicola Astudillo-Defru, do Observatório de Genova, na Suíça. O membro da equipe de pesquisa falou também que a estrela gira mais devagar e emite menos radiação que outros astros do tipo. Isso significa que a pressão e a temperatura provenientes da LHS 1140 não impedem a existência de água líquida — que é essencial para a vida como conhecemos.
Os astrofísicos têm esperança de que o planeta tenha retido ou recuperado uma atmosfera, aprisionando o vapor gerado pelos mares de magma que talvez tenham uma vez existido no LHS 1140b. Para verificar essa hipótese os pesquisadores contarão com a ajuda do telescópio Hubble e de um novo instrumento que está sendo desenvolvido pelo ESO.
“Não podíamos esperar por um alvo melhor para responder uma das maiores questões da ciência: a busca de vida fora da Terra”, afirmou Jason Dittmann.
Os pesquisadores detectaram o exoplaneta graças aos instrumentos do Observatório Europeu do Sul (ESO), na Observatório de La Silla, no Chile.

Fonte: Galileu

sábado, 22 de abril de 2017

IBGE anuncia Censo Agropecuário 2017


Serão selecionados cerca de 26 mil contratados temporários em mais de 4 mil municípios. A coleta começa em 1º de outubro. O questionário foi simplificado para agilizar a operação que, durante cinco meses vai recensear três estabelecimentos agropecuários por dia, em média. O IBGE também vai criar a Pesquisa Nacional por Amostra de Estabelecimentos Agropecuários, que irá a campo anualmente.
Em 1º de outubro de 2017, o IBGE vai iniciar as operações do seu 10º Censo Agropecuário. Ao longo de cinco meses, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos, entre outros temas. O importante papel da agricultura familiar na produção agropecuária do país será investigado mais uma vez. Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE em meados de 2018.
O orçamento do Censo Agropecuário de 2017 sofreu um corte de mais de 50%. Diante desta contingência, o corpo técnico do IBGE foi compelido a fazer adaptações como, por exemplo, a redução do número de contratados temporários para essa operação: inicialmente previsto para 82 mil pessoas, esse contingente foi reduzido para 26 mil. Já a coleta do Censo Agropecuário, prevista para cerca de 90 dias, foi ampliada para cinco meses.
A redução do orçamento tornou necessária uma simplificação do questionário inicialmente concebido. O objetivo foi dar mais agilidade à coleta de dados, permitindo que, em média, três estabelecimentos agropecuários sejam visitados pelos recenseadores, a cada dia. Essa simplificação foi levada ao conhecimento da sociedade, dando origem a novas demandas, que foram incorporadas ao questionário.
Agropecuária do país também será investigada por pesquisa amostral
O Censo Agropecuário 2017 vai subsidiar a implantação do cadastro de estabelecimentos agropecuários e do Sistema Nacional de Pesquisas Agropecuárias. Isso permitirá a criação da Pesquisa Nacional por Amostra de Estabelecimentos Agropecuários, que irá a campo, anualmente, captar dados pormenorizados sobre receitas e despesas na produção, crédito e seguro rural, proteção de mananciais, conservação da fauna e flora, uso de agrotóxicos, técnicas de produção, além da situação social e familiar dos trabalhadores do campo, entre outros temas.
Censo Agro 2017 terá dois processos seletivos com 26.010 vagas temporárias
Em abril, começam as inscrições dos dois processos seletivos simplificados para os temporários que atuarão no Censo Agropecuário 2017. Serão abertas 26.010 vagas, das quais 171 serão para profissionais de nível superior em 18 diferentes áreas de conhecimento. As vagas restantes serão para nível médio. Ao todo, serão abertas vagas em pouco mais de 4 mil municípios do país. Veja na tabela a seguir a distribuição preliminar dessas vagas, por unidade da federação. Os números definitivos serão divulgados nos editais dos dois processos seletivos, cuja publicação está prevista para os dias 10/04 e 24/04/2017.

Fonte: MundoGeo

UFRN abre vagas para nível superior a distância


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), considerando os termos da Resolução nº 025/2017, de 21 de março de 2017, do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE), e da Resolução nº 012/2012, de 25 de maio de 2012, do Conselho de Administração (CONSAD), torna público que:

I – DO PROCESSO SELETIVO 

1.1. O Processo Seletivo para Educação Superior a Distância da UFRN, para ingresso no segundo semestre letivo do ano de 2017, será aplicado, simultaneamente, nos polos de apoio presencial distribuídos no Estado do Rio Grande do Norte, abrangerá os conhecimentos comuns às diversas formas de escolarização do ensino médio e obedecerá às diretrizes deste Edital. Edital completo (www.comperve.ufrn.br)

A inscrição será feita exclusivamente via Internet.

Para inscrever-se, o candidato deverá, obrigatoriamente, ter Cadastro de Pessoa Física (CPF), documento de identificação e preencher todos os campos do Formulário de Inscrição.

A taxa de inscrição será no valor R$ 30,00 (trinta reais).

A inscrição deverá ser feita a partir das 8 horas do dia 10 de abril de 2017 até às 23h59min do dia 2 de maio de 2017, observando os seguintes procedimentos:

     a) Acessar o sítio da COMPERVE (www.comperve.ufrn.br) no qual estarão disponíveis o Edital e o Formulário de Inscrição;
     b) Preencher integralmente o Formulário de Inscrição de acordo com as instruções constantes nele;
     c) Imprimir a GRU – GUIA DE RECOLHIMENTO DA UNIÃO, para poder efetuar o pagamento da taxa de inscrição;
     d) Efetuar o pagamento da taxa da taxa de inscrição no período de 10 de abril de 2017 a 3 de maio de 2017, no local indicado na GRU.

Vagas para o Campus de Currais Novos:

Educação Física....................... 15 vagas
Física........................................ 20 vagas
Geografia.................................. 20 vagas
Letras - Português.................... 20 vagas
Matemática............................... 15 vagas
Pedagogia................................  20 vagas
Química.................................... 15 vagas

As provas serão aplicadas no dia 28 de maio de 2017, simultaneamente, nos municípios indicados, as provas terão duração máxima de quatro horas e trinta minutos, exceção ao
candidato com deficiência cuja solicitação de tempo adicional tenha sido deferida que
terá uma hora a mais para realização das provas. O candidato somente poderá realizar as provas no polo (cidade) que escolheu.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Equipe de Super-Heróis Cerrocoranses fará visita a crianças com câncer


A equipe que de Super-heróis Power Ranges, que abrilhantou o carnaval 2017 em Cerro Corá/RN, fará uma visita de solidariedade às crianças que estão fazendo tratamento contra o câncer no Hospital Varela Santiago em Natal/RN onde, com a sua irreverência irão alegrar as crianças. A visita irá acontecer no próximo dia 08 de abril do corrente ano. São mais de 185 crianças em tratamento e que necessitam de muito carinho e também de diversos materiais para o dia-a-dia. "A assistente social nos propôs arrecadar massinha de modelar, coleção de cor, livros para colorir e folhas de papel ofício, falou Gilvagner representante da equipe". Você também pode contribuir com a felicidade dessas crianças. Quem desejar ajudar é só ligar ou chamar pelo WhatsApp que vamos até você. (Vaguinho 99634-7627, Thales 99917-8068), ou deixar na Kitanda Medeiros (Cerro Corá/RN). Também aceitamos qualquer quantia em dinheiro para a compra desses materiais, caso desejem também podem ser feito depósitos bancários identificados na conta:

Conta: 24870-3 
Operação: 51
Agência: 3777-X 
Banco do Brasil                  
Antony Muriel Araújo Gomes

Contamos com o apoio de vocês, porque juntos somos mais!

Fonte: Equipe Itaperuá

sábado, 18 de março de 2017

1º Cerro Corá Moto Fest

Cerro Corá terá o seu encontro de Motociclistas!


O evento acontecerá nos dias 03,04 e 05 de novembro e a realização será por conta dos Moto-Clubes locais, comerciante e da Coordenação de Turismo do município. Esse será o mais evento a entrar no calendário do município, e que se bem executado pode se tornar um evento tão grandioso quanto o festival de inverno. Nossa cidade espera todos os motociclistas de braços abertos.

Fonte: Cerro Corá Moto Fest 

quinta-feira, 9 de março de 2017

Pai adapta bicicleta e pedala quase 40 km por dia para levar filha na escola


Para não deixar que a filha de 3 anos fique longe dos estudos, Juracir Ferreira Faustino de Souza adaptou uma bicicleta e pedala diariamente quase 40 quilômetros para levar e buscar a criança da zona rural até a escola, no Jardim Cruzeiro do Sul, em São Carlos (SP). Segundo a Secretária de Educação, a menina  tem direito ao transporte escolar, mas por ter menos de 6 anos, precisa estar acompanhada por um responsável.
Maria da Vitória dos Santos Rocha está matriculada no Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Otávio de Moura. Segundo o pai, um ônibus que leva as crianças da zona rural para a escola passa próximo a residência dele.
“Não sei o motivo já que o ônibus passa na porta, pega meu sobrinho, mas não pega ela. Eles alegam que não podem levá-la porque ela ainda não tem quatro anos, a diferença é de cinco meses apenas”, disse.
Souza, natural da Paraíba, está desempregado e mora com a família há três meses em São Carlos, em uma fazenda às margens da Rodovia Professor Luis Augusto de Oliveira (SP-215).
O trajeto de ida, que começa por volta das 5h20 e dura uma hora e meia, passa por estrada de terra, rodovia e trânsito urbano. Depois de deixar a filha na escola, o pai retorna para casa e faz novamente o trajeto no final da aula, para buscar a menina. “Quero dar a ela o que eu não tive, porque eu não tive essa oportunidade”, declarou Souza.
Determinado, ele afirma que fará o percurso todo dia até conseguir uma vaga no ônibus. “Não dá certo uma criança fora da escola, se não der certo [o ônibus] eu continuo trazendo ela todo santo dia. Tem que ter a escola pra criança”.
Para Souza, a alternativa oferecida pela prefeitura, que ele acompanhasse a filha no ônibus, é inviável. “Teria que fazer um sacrifício, que é o de ficar o dia todinho com fome na porta do colégio, aí quando ela saísse vir embora junto”.

Adaptações


Na bicicleta coberta com uma cortina de banheiro e adaptada com uma cadeirinha para a criança, pai e filha enfrentam frio, chuva e sol, além de correrem risco de sofrer um acidente, pois parte do trajeto é realizado às margens da rodovia.
“Eu peguei umas madeirinhas da reciclagem e eu tinha essa cortina em casa, aproveitei para poder proteger minha filha. Sem ônibus, eu tenho que me virar do jeito que posso, estou seguindo em frente e vamos ver no que vai dar”.
O caso ganhou repercussão após ser divulgado em um grupo do Facebook pela mãe de um colega de sala da criança.
A publicação ultrapassou mais de duas mil visualizações e o esforço de Souza para que a filha não fique longe dos estudos comoveu os moradores da cidade.
Souza acompanha a entrada da filha Maria da Vitória no Cemei (Foto: Reginaldo dos Santos/ EPTV)

Prefeitura

Em entrevista à EPTV, o secretário de Educação, Nino Mengatti, informou que por, não ter a idade mínima necessária, Maria da Vitória teria que ser acompanhada por um responsável até a escola. "Nós não podemos permitir que crianças com menos de 6 anos viagem desacompanhadas por questões que esses ônibus não têm cadeirinha. É um risco para a criança e a família", declarou.
Mengatti afirmou ainda que há outras crianças na cidade na mesma situação. "Em nenhum momento a Secretaria deixou de acompanhar o caso ou prestar assistência, o empenho nosso foi para resolver, mas isso não há como mudar, não posso abrir uma exceção. Há milhares de pessoas desempregadas e nem por isso deixam de acompanhar seus filhos".

Fonte: G1

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O Brasil foi descoberto pelo Rio Grande do Norte?


Não, a caravela de Pedro Álvares Cabral não aportou primeiramente na Bahia, em 22 de abril de 1500, conforme ensinam os livros de história. O descobrimento do Brasil se deu pelo Rio Grande do Norte, precisamente na Praia do Marco, município de Touros.
Pelo menos essa é a teoria levantada por historiadores e estudiosos respeitados. E para corrigir esse “equívoco” e reescrever a história do nosso descobrimento, uma série de seminários para discutir o tema está sendo arquitetada para o primeiro semestre de 2017, em Natal.
A ideia de levantar o debate em torno da história do Brasil partiu da Secretaria de Estado do Turismo do RN e da Empresa Potiguar de Promoção Turística do RN (Emprotur) e contará com a participação de importantes pesquisadores do assunto.
“Essa discussão merece ser aprofundada. Outros equívocos históricos já foram corrigidos e este pode ser mais um. Vamos dar a César o que é de César. Evidências mostram que o descobrimento se deu no litoral potiguar”, comentou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.
A presidente da Emprotur, Aninha Costa, acredita no fato como uma nova possibilidade de projetar o turismo histórico-cultural potiguar. “Além da discussão em torno de um tema importante, também teremos a chance de divulgar nosso Estado na mídia, para além do Sol e Mar”.
A professora-doutora Rosana Mazaro, do Departamento de Turismo da UFRN, tem dado o suporte teórico à empreitada. Ela é também velejadora e une conhecimentos científicos e práticos para embasar cinco evidências para provar que o Brasil começou pelo RN.

Evidências

“A primeira é pelas correntes marítimas que direcionariam as caravelas naturalmente ao RN. Há uma dificuldade imensa para se chegar da Europa à Bahia e, em contraponto, facilidade para o RN. Há navegadores, sem exagero, que vão até Dakar (na África) para se aproximar do Brasil tamanho a força das correntes”.

A segunda evidência apontada pela professora é o monte avistado pelos portugueses ser o Pico do Cabugi, na região central do RN. Pescadores nativos até hoje tomam o Pico como referência para voltar à terra. Enquanto o Monte Pascal, na Bahia, sequer é um “monte”, mas uma torre, cortada e sem “pico”. 

A terceira seria a presença de “aguada” no litoral, conforme consta na carta do descobrimento. 
Aguada seria água doce, presente nas proximidades do Marco de Touros e inexistente em Porto Seguro, na Bahia.

A penúltima evidência seria o Marco de Touros, diferente do fincado na Bahia. O daqui é esculpido com símbolos e brasões semelhantes ao marco chantado no município de Cananéia, em São Paulo, que seria o segundo marco português no Brasil.

Por último, o argumento mais evidente apontado pelos estudiosos: consta no mapa português que eles navegaram duas mil léguas ao Sul do país para fincar o segundo marco. Essa distância corresponde exatamente o percurso do Estado potiguar a São Paulo. Caso partisse da Bahia, o segundo marco estaria fincado na Argentina.

Fonte: Portal do Governo do RN

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Jovem que vende geladinho para estudar é aprovado na USP


Um jovem de Jacareí (SP) que guardava dinheiro para estudar em São Paulo, foi aprovado no vestibular de Gestão Ciências Públicas na USP por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para arrecadar cerca de R$ 2 mil, ele vende 'geladinho' nas ruas da cidade do interior paulista;
Ele aguardava o resultado do vestibular da Fuvest, que será divulgado na próxima quinta-feira (2), mas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona para vagas em universidades públicas, foi aprovado. Ele descobriu o resultado nesta segunda-feira (30).
Gabriel Belém dos Santos, de 17 anos, investiu cerca de R$150 para comprar geladinhos. Os R$ 2 mil que ele conseguiu arrecadar vendendo o geladinho vão ajudar no início do seu curso universitário. Ele vendia o produto nos pontos de ônibus na região central da cidade.
Com a aprovação, ele comemora o ingresso na faculdade e também o fato de ter guardado dinheiro que precisava. "Eu estou muito feliz e até um pouco ansioso para começar. Eu estudei bastante e esperava muito por essa aprovação", contou.

Superação

O jovem mora no Parque Santo Antônio e é filho de um porteiro e de uma auxiliar de enfermagem. Ele conta que sempre estudou em escola pública e que a família não tem condições de mantê-lo em São Paulo. Por isso, ele começou a vender o doce. 
"Eu faço 18 anos e julho e acho que com essa idade já tenho que ser independente, não quero dar trabalho para os meus pais. Mesmo com o que já juntei, não tenho como me manter lá por muito tempo, por isso vou tentar as bolsas que a faculdade oferece de moradia e alimentação", afirmou.
Até o dia 10 de fevereiro ele continuará vendendo o geladinho pelas ruas da cidade. Ele começa o ano letivo no dia 6 de março. "A minha mãe está um pouco preocupada de eu ir sozinho, mas está me apoiando. Muita gente aqui na cidade me apoiou. Sou muito grato", concluiu.

Fonte: G1

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Inscrições Abertas para o novo Processo Seletivo do Curso Técnico em Agronegócio do SENAR



O SENAR abre Inscrições para o novo Processo Seletivo do Curso Técnico em Agronegócio. Não percam essa oportunidade e se qualifiquem em uma das áreas que mais cresce no Brasil. Inscrições até o dia 13 de fevereiro de 2017.

O curso Técnico em Agronegócio será oferecido de maneira subsequente, admitindo, neste caso, o ingresso apenas de egressos do ensino médio, conforme requisitos estabelecidos em normativas legais vigentes.

No âmbito da Rede e-Tec Brasil no SENAR os alunos serão prioritariamente residentes em zona rural, beneficiários de programas de transferência de renda do governo federal e que tenham concluído do Ensino Médio na rede pública.

Para matrícula, o candidato aprovado deverá apresentar os seguintes documentos:

Certidão de nascimento ou de casamento, quando houver mudança no nome (original e cópia);
Cédula de identidade (original e cópia) e CPF;
Documento que comprove a escolaridade mínima exigida ou certificado de conclusão do ensino médio e respectivo histórico escolar (original e cópia);
Documento de regularidade com o serviço militar para os candidatos do sexo masculino, com idade entre 18 e 45 anos (original e cópia);
Comprovante de votação último pleito eleitoral para maiores de 18 anos (original e cópia);
Comprovante de residência (cópia).
Foto 3×4

EDITAL:

Clique aqui para baixar o edital.

INSCRIÇÕES:

As inscrições ficarão abertas até dia 13/02/2017 às 23h59min.

Clique aqui para realizar sua inscrição.



PREPARE-SE PARA AS OPORTUNIDADES E
OS DESAFIOS DO MEIO RURAL