terça-feira, 23 de agosto de 2016

Exoplaneta potencialmente habitável foi encontrado bem pertinho da Terra


A busca por novos planetas que podem potencialmente abrigar formas de vida não para e, depois de uma porção de descobertas muito promissoras nos últimos anos, parece que os astrônomos conseguiram identificar um desses mundos bem pertinho de nós. Mais precisamente, o candidato se encontra a apenas 4,25 anos-luz de distância da Terra — o que, em termos astronômicos, é um pulinho daqui.
De acordo com Matt Williams, do portal Universe Today, o exoplaneta se encontra em órbita ao redor de uma estrela chamada Proxima Centauri, uma anã vermelha localizada na Constelação de Centauro. A descoberta ainda não foi anunciada oficialmente, mas teria sido realizada por astrônomos do European Southern Observatory — ESO ou Observatório Europeu do Sul — recentemente.

Vizinhança promissora
Como será esse nosso vizinho?
Segundo Williams, a Proxima Centauri — que os astrônomos acreditam fazer parte de um sistema trinário composto também pelas estrelas Alpha Centauri A e B — é a estrela mais próxima da Terra. O exoplaneta, por sua vez, ainda não foi batizado formalmente, mas, se sua descoberta for confirmada, ele se tornará o planeta potencialmente habitável mais próximo de nós de que se tem notícia até agora.
E isso não é tudo! Ao contrário dos demais exoplanetas que já foram descobertos até o momento — e se encontram longe da Terra —, a curta distância que nos separa do mundo orbitando a Proxima Centauri significa que ele possivelmente poderia ser explorado por nós, terráqueos, no período de apenas uma geração.
Voltando à Proxima Centauri, conforme explicamos anteriormente, ela é uma anã vermelha — ou seja, uma classe de estrelas menos brilhantes, de menor tamanho do que o nosso Sol e que compõem cerca de 80% das estrelas que existem na Via Láctea. Pois, de acordo com astrônomos do ESO, um levantamento recente revelou que existe a possibilidade de que bilhões de planetas rochosos orbitem dentro das zonas habitáveis dessas estrelas todas.
De momento, os astrônomos do ESO se recusaram em confirmar ou negar os rumores sobre a descoberta do exoplaneta, mas diversas fontes informaram que o pessoal do observatório deverá fazer um anúncio oficial ainda durante o mês de agosto. Portanto, até lá, não temos outra escolha além de aguardar por maiores informações.

Fonte: TECMUNDO.