quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Idosos que vivem há 62 anos juntos são obrigados a morar separados e choram


Após 62 anos e na fase mais frágil da vida, qual deve ser a sensação de ser obrigado a se afastar da pessoa que mais ama? Essa foto aí de cima traduz um pouco do sentimento do casal canadense Wolfram e Anita Gottshalk, de 83 e 81 anos, respectivamente. 
Eles são casados há 62 anos e, apesar disso, foram obrigados a viver separados. Isso porque Wolfram Gottschalk foi hospitalizado após um problema cardíaco e médicos recomendaram que ele fosse levado a uma casa de repouso para idosos.
Para ficar junto ao marido, Anita pediu entrada no sistema público de vida assistida. Ocorre que, enquanto Wolfram aguardava uma vaga, sua esposa foi contemplada em uma unidade na cidade de Surrey, na província de Columbia Britânica.
Agora, o idoso vive em um centro de transição e aguarda há oito meses por um lugar na residência em que a esposa agora mora. 
A família considera uma ineficiência no sistema de saúde público canadense. “É a foto mais triste que já tirei na minha vida”, afirmou Ashley Baryk, neta do casal. Ela quis relatar ao mundo o drama deles e a imagem, postada no Facebook, foi compartilhada milhares de vezes.

Câncer

Para piorar a situação, o homem foi diagnosticado com linfoma. 
A neta decidiu pedir ajuda por meio das redes sociais porque o diagnóstico "deu um novo sentido de urgência à necessidade de reunificar o casal”.
“Eles choram sempre que se veem, e o processo tem sido emocionalmente esgotante para eles.” 

Solidariedade

Após a publicação da imagem no Facebook, doações foram oferecidas para levar o casal para uma residência privada. 
Todas as ofertas foram recusadas, pois o casal quer que seu exemplo sirva para pressionar por mudanças no sistema de saúde.

Outro lado

A autoridade de saúde de Fraser, jurisdição onde vivem os Gottschalk, disse à agência AP que tenta manter famílias unidas, mas alega que as necessidades médicas de Wolfram são maiores que as de Anita.
Um representante da entidade contatou o casal na quinta-feira, afirmando que conseguir um leito para Wolfram é agora sua “prioridade número um”.

Fonte: Yahoo Notícias